2º Post – Como foram os 3 anos de preparação? – Comunicação Social – Ryan Castro

  • Olá gente, tudo bem ? Sou eu novamente, Ryan Castro, calouro de Publicidade e Propaganda na maravilhosa UnB. E como prometido, vou cumprir o cronograma estabelecido lá no primeiro post ( https://tspasunb.com/2019/03/18/13082/ ).

Hoje é dia de saber um pouquinho sobre os três anos de preparação! Vamos lá?

Eu, como a maioria das pessoas, sou de escola pública. Na verdade sempre fui. Estudo na escola pública desde o primário, e só quem é do meio sabe como é a falta de assistências nas escolas em relação aos vestibulares, principalmente o PAS. Foi o que me levou a procurar esse blog e conhecer esses projetos que o TSPASUnB faz! Por conta da falta de apoio que eu recebi na escola, eu tive que me virar sozinho, e durante os três anos do Ensino Médio eu estudei em casa. Aliás, existiu um reforço de um cursinho que fiz no Terceiro ano, mas isto eu conto mais pra frente.

ENTÃO…

  • No meu 1º ano, eu já tinha decidido que o PAS seria minha principal forma de ingresso na UnB. Foi assim que eu o estabeleci como o meu PRINCIPAL vestibular, embora eu quisesse fazer outros também. É importante saber qual vai ser seu principal vestibular, porque aí você se mantém mais focado em um, e as chances de conseguir uma nota melhor nele vem à tona. Super recomendo. Enfim, sendo sincero com vocês, eu não estudei como deveria na minha primeira etapa. Só foquei no que a escola passava (o que é pouco, tá?) e li algumas obras. Fiz a prova, me assustei com o estilo dela, embora eu já conhecesse um pouco o esquema etc, e não vou mentir; a minha nota não foi legal… Bateu aquela bad, e com isso vem uma pressão de ter que ser MUITO melhor na segunda etapa.

 

  • Já no meu 2º ano, eu tinha dito pra mim mesmo que aquela vergonha que eu passei no PAS 1 não ia acontecer de novo, kkk. Foi o ano em que eu comecei a estudar em casa além dos conteúdos que a escola cobrava. Eu estudava por vídeo aulas, pesquisas na internet, e com o próprio livro didático,  sempre fazendo resumos, para relê-los durante a semana. Foi o ano em que eu me apaixonei por matérias como Química e Literatura, e essas eram as que eu mais estudava. Confesso que às vezes eu não incluía Física na minha rotina de estudos à tarde, e isso com certeza me prejudicou. É sério gente, estudem as matérias que vocês odeiam também. Elas podem ser as donas das questões que vocês olham na prova e pensam: “Hummm, se eu tivesse estudado um tiquinho mais de física, eu saberia essa”. É a pior sensação. Você sentir que uma questão é fácil, e não conseguir respondê-la. Não recomendo. Foi no meu Segundo ano também que eu me apeguei demais às Obras do PAS. Até hoje eu digo que as obras da Segunda Etapa são as melhores! Li todas, fiz análises, ouvi as músicas, assisti aos filmes e garanti boa parte das questões de obras no PAS 2. Foi divertido até… Mas daí quando saiu a nota, hum, ok, foi melhor que a do PAS 1. Mas eu sentia que poderia me esforçar um pouquinho mais. Ah, já ia até esquecendo, levei um baque com minha redação do PAS 2. Tirei 5 e fiquei arrasadíssimo. Saí da prova achando que eu tinha ARRASADO naquele tema (PAS2017) mas eu caí do cavalo. Foi no segundo ano também que eu fiz o ENEM pela primeira vez, como treineiro. Super recomendo também, é importante ter a experiência de fazer a prova, antes de ser realmente PRA VALER.

 

  • Ok, chegou a ÚLTIMA ETAPA, É hora do PAS 3.  Minha cabeça tava um turbilhão, meu DEUS, É A ÚLTIMA ETAPA. No primeiro semestre do ano de 2018, eu estudei somente em casa mesmo, no mesmo estilo que eu fiz na etapa 2. Resumos, vídeo aulas, me esforçava na escola, espalhei post-it com fórmulas e conceitos por todo o meu quarto, e tava realmente focado em passar nisso. Comecei a ler as obras logo no início do ano, e em Junho, todos os livros já estavam lidos, mas a saúde mental uma b@$%ta. É nessa etapa em que você vai sentir mais pressão, e é importante que você tenha pessoas que te apoiem nesses momentos. Os grupos do TSPASUnB são uma boa pra isso, lá a maioria das pessoas estão na mesma situação que você. Foi então que chegou o segundo semestre, e eu descobri um cursinho gratuito pertinho de casa. Eram professores voluntários e compromisso de segunda a sábado. Fiz o cursinho e ele me ajudou muito, porque ter contato com pessoas que querem o mesmo que você, é importante. Além da bagagem de conteúdo aprendido. O cursinho me ajudou muito, porque era uma maneira de não me deixar ‘cair na preguiça’ em casa, e ficar um dia sem estudar. Eu tinha que ir, tinha que me dedicar. Super recomendo. Foi o meu melhor desempenho no PAS, e eu até me surpreendi com a nota.

 

Resumindo, foi isso. Lembrando que é muito importante vocês estabelecerem isso como uma meta. Uma meta claro, vocês irão conseguir! É ÓBVIO que dentro desses três anos sempre bate um desânimo. A vontade de desistir é grande, o estresse com o site do CESPE TAMBÉM, mas tudo vale a pena. Quando você olha o seu nomezinho na lista de aprovados, a sensação é de que todo o esforço valeu a pena. Acreditem nisso! Ah, e não deixem de se divertirem também! Sair, assistir, beijar, curtir e ter momentos de descontração são tão importantes quanto estudar. Você precisa fazer a prova bem, e sentir que não se privou de nada que iria te fazer falta. Aproveitem, e ESTUDEM! hehe, até o post 3 pessoal!

  • Próximo Post:  Dia da aprovação e pós notícia + Matrícula Web.

Deixe uma resposta

Ajuda? Manda um whats whatsapp
Rolar para cima
%d blogueiros gostam disto: