Como manter a motivação?

Olá, futuros coleguinhas de UnB, tudo bem com vocês? 

Hoje estou aqui para falar de assunto muito importante não só para os estudos, mas para tudo na vida. E o assunto é: motivação.  Muito se fala sobre motivação (principalmente agora na era dos countings), mas pouco se sabe sobre.

Então vamos começar pelo fundamental, afinal, o que é motivação?

O próprio nome diz, motivação é o motivo da ação, trata-se de um impulso que faz com que as pessoas ajam para atingir seus objetivos, logo só é possível ter motivação quando se sabe qual objetivo se quer atingir, onde quer chegar, ou seja, os seus objetivos precisam estar realmente claros.

Em algum momento todo estudante já se deparou com dificuldades e se sentiu desanimado. E quando falamos de dificuldades, não é somente sobre as matérias complicadas e que muitas vezes as consideramos chatas, mas também do peso de tomar decisões sobre o futuro (é sempre bem difícil), a preocupação com nota de corte, saber como e por onde começar a estudar, e mais outras diversas razões.

“Sei onde quero chegar, mas não consigo estar sempre motivado”. Isso é bem comum de se ouvir, mas uma coisa que precisa ficar clara é que não somos robôs, temos sentimentos, fraquezas e afins, ninguém é perfeito, e muito menos obrigado a estar 100% sempre.

Mas para que o desânimo não venha estar sempre presente, deixarei aqui algumas dicas:
Antes de tudo, quero que faça uma autoanálise e identifique algumas coisinhas:

  • Qual o seu principal objetivo?
  • O que te mantém motivado?
  • O que te desmotiva?
  • De 0 a 10 o quão motivado você está?

Pare um pouquinho agora, e se possível escreva as respostas para que você visualize o que precisa melhorar. Pronto? Se sim, vamos continuar com as dicas.

Todos sabemos que o ser humano é movido por dois pilares, o amor e a dor, então podemos aproveitar disso e utilizar das recompensas e das penalidades, trazendo a mensagem para o cérebro de que algo está indo bem ou o contrário.
Depois de se autoanalisar, e descrever qual o seu principal objetivo, estabeleça as metas para alcançar esse objetivo. Feito isso, basta estabelecer as recompensas para quando atingir as metas, e as penalidades para quando não atingir (é muito importante não se cobrar demais, tudo que é em excesso faz mal).

Muitas vezes sem perceber, acabamos nos sabotando, então, a minha dica é escolher um guardião, aquela pessoa que vai ficar te fiscalizando, e é interessante que seja uma pessoa que realmente se importe com seu futuro, mas lembre-se que a responsabilidade será sempre sua.

A verdade, é que a caminhada nunca será fácil, mas para quem sabe onde quer chegar, o desânimo logo dará lugar à motivação.

Gostou das informações? Quer mais?  É só continuar acompanhando o blog, fiquem de olho que nos próximos dias estaremos trazendo todas as dicas possíveis para facilitar sua vida de estudante.

 

Até o próximo post, Tchaau!

Deixe uma resposta

Rolar para cima
%d blogueiros gostam disto: